Revelamos a essência da Produção Portuguesa

Exploramos o que Portugal Faz Bem, revelando a essência da indústria através de roteiros e visitas ao vivo. O Turismo Industrial é uma experiência única, que permite aos visitantes conhecer de perto o processo de fabricação e operação das indústrias.

Roteiros e Visitas

Portugal Faz Bem promove a Produção Nacional através de Visitas personalizadas, revelando métodos de vida e conhecimentos locais únicos. As nossas visitas pré-definidas, prontas em 2-3 dias, são inspiradoras e podem ser adaptadas às suas necessidades.

ROTEIROS Portugalfazbem Fabrica de santanna

A Arte Azulejar em Lisboa

Percurso realizado em Lisboa para visitar unidades de produção e distribuição de azulejos. A visita passa pela mais antiga fábrica de azulejos manuais em activo e por um centro de salvaguarda do azulejo industrial português de meados do século XX, para reposição e criação de peças de design contemporâneo.

Saber mais 

Roteiro Portugal faz bem burel

 

Tradição da lã da Serra da Estrela

Roteiro realizado desde Porto ou Coimbra para conhecer a tradição dos Lanifícios da Serra da Estrela e sua evolução através dos tempos, visitando centros de património industrial e modernas instalações fabris em funcionamento.

 Saber mais 

Alberto Rocha 4

Manufacturas do Algarve

Venha descobrir as diferentes técnicas de manufactura e pré industria presentes no Algarve, desenvolvidas a partir dos recursos naturais do território e reflexo da sua cultura e tradições, em 2 dias de imersão na alma algarvia.

 Saber mais 

PortugalFazBem TapecariasdePortalegre

Arte Têxtil de Portalegre

Roteiro realizado desde Évora, Estremoz, Elvas ou Alter do Chão para visitar a Manufactura das Tapeçarias de Portalegre. Complementa o roteiro a visita ao Museu das tapeçarias, a antiga corticeira Robinson hoje desactivada e o Museu José Régio como exemplo de coleção de arte popular do Alentejo

 Saber mais 

Turismo Industrial Vivo

As iniciativas turísticas Portugal Faz Bem promovem o Turismo integrado com a Produção Nacional, facilitando o contacto directo com o património cultural e laboral locais, durante todo o ano. Essas acções impulsionam locais de criatividade e trabalho como centros de comunicação, partilha de culturas locais e expressões culturais, do saber-fazer português.